Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

$$$ Medo do escuro $$$

 

Anunciam-se tempos difíceis. É a crise. Não se sabe o que estará para além da tormenta. Mas nós temos essa experiência histórica, a de dobrar os cabos desconhecidos. Portanto, ânimo!
Os valentes,  polidos e, ao que parece, muito bem pagos banqueiros passaram dos tempos da euforia, em que anunciavam lucros obscenos, para a penúria franciscana. Num ápice passaram a necessitar da minha ajuda e da do prezado leitor (somos contribuintes, lembre-se!) via “ajuda do governo”para escaparem à extinção canibalesca, em que os maiores comerão os mais pequenos, como nas correntes alimentares  selvagens do oceano e da savana.
Com isto "percebemos" que "não percebemos" (passe a repetição) nada de economia, muito menos conhecemos as geografias secretas dos canais escorregadios para onde deslizam milhões, se desfazem e se recompõem fortunas, que ajudamos alegremente, com os nossos juros, a fazer crescer em terras desconhecidas.
A malta da finança faz-me lembrar o J. (o anonimato compreender-se-á, não vá levar algum calduço tardio) que era o rapaz mais valente, o mais disputado pelas raparigas e consequentemente o mais “mau”, o líder da rua onde cresci a quem todos tinham que obedecer. Roubou-me uns bons berlindes (outra vez os berlindes), o malandro. Pois o J. só funcionava com a luz do dia. Quando do caia a noite tinha medo do escuro e a valentia diminuia-lhe na proporção inversa do breu. Era vê-lo pedir com bons modos que o escoltassem até casa, um pouco afastada da aldeia. Não fosse aparecer por ali alguma alma penada no meio da escuridão.
Os homens da massa parecem-me assim, só peitaça, bons carros e havanos do melhor. Quando muda o ciclo e chega a incerteza, porque a roleta do jogo já está gasta de tanto fazer rolar o nosso dinheiro, pedem ao povo que os escolte dos seus... casinos...ops, perdão (!?$$$$$$$) bancos, até casa. E o povo, reverente, na sua incomensurável humildade lá os escolta…até ver. Têm medo do escuro! Estes maganos!
 

publicado por ensinartes às 15:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Tupperware, tamanho XS

. Le tunisien

. Uma questão de força

. FMI ou FIM

. A Pedra

. A participante 43212

. Contas de sumir

. Yo, Mário Sepúlveda

. O nosso Haiti

. Travassos

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Yo, Mário Sepúlveda

.Ligações/links

.Contador de visitas

SAPO Blogs

.subscrever feeds