Sábado, 3 de Janeiro de 2009

Zé Boby Sol

Morreu hoje o zé, "boby Sol" de alcunha.

Levei dele umas boas biqueiradas quando, sorrateiramente, procurava entrar e permanecer naquele mundo de adultos que eram os escassos cafés da minha aldeia, naqueles duros anos setenta, com as suas lustrosas e iluminadas music boxes onde, por vinte e cinco tostões, (se não me falha  a memória) uma fortuna há época, podiamos ouvir os disco de vinil dos  Stones, dos Creedence ou, em alternativa, do Roberto Carlos, mais fácil de entender para fazermos, em surdina, o nosso karaoke de então. Quando fiz os meus dezasseis anos comecei a fazer parte legal dos clientes dos cafés e tabernas da aldeia. Uma distinção. Acabaram-se os biqueiros e os puxões de orelha humilhantes.

 

O Zé foi um dos atletas do SCD, um pouco lento para avançado, mas temível pelo seu corpanzil, pela longa cabeleira da moda e pela atitude colocada em campo. Num célebre derby Glória - Samora Correia, aí pelos finais dos setenta, o arbitro não apareceu. Não tinhamos "fruta" para os árbitros e a Glória, então, ficava no fim do mundo. Mas, para quem gosta da sua terra, fica no centro dele.Quem apitou o jogo foi o meu saudoso tio João Charréu que, logo, inventou um penalty a nosso favor. O amor incondiconal ao clube da terra dava nisto. Os jogadores do Samora em reboliço, mas o penalty lá foi marcado.

O guarda-redes no seu momento privativo de angústia e os adeptos da clube da casa, num raro momento de clarividência  e justiça, pedem ao Zé Boby Sol que não marque golo. Queriamos ganhar, mas com jogo limpo. Ah estes manganões utópicos!

Zé corre para bola e, com toda a calma do mundo, perante o guarda-redes petrificado, atira devagarinho pela linha de fundo. Protestam agora os da casa com o seu avançado perante a indiferença altiva do Zé. Fez o que achou correcto.

O jogo continua empatado a zero e rijinho até à (***) canela (***), a arbitragem continua  "fabulosa", até que, em protesto, os de Samora abandonam o campo. Lembro-me bem das suas camisolas em xadrez, "à Boavista". Ganhamos na secretaria por três a zero.

Passadas umas semanas visitamos o Samora-Correia e, também com um árbitro "lá da terra", levamos uma cabazada monumental.

 

Mas a melhor cena do zé ficou guardada para quando deixou de jogar futebol. Continuou adepto incondicional do seu "Benfica" e nos anos oitenta faziam-se e excursões à Luz onde facilmente as lotações atingiam os 120 000 adeptos. Ainda que possa parecer mentira. (Não havia tanta televisão e o Benfica jogava bem melhor). Num célebre jogo Europeu, quando estádio já estava perigosamente cheio que nem um ovo, entre bilhetes legais e bilhetes falsos, a policia barra a entrada aos rurais que já tinham comprado honesta e antecipadamente o seu bilhetezinho.

E o Zé que tinha comprado o seu  ficou do lado de fora com o pequeno rádio a pilhas colado ao ouvido para ouvir o relato. Do locutor "senhores ouvintes, iniciamos  a nosso  relato desde o estádio da luz, completamente cheio com120 000 espectadores".

Protesta o Zé, "120 000 não! 119 999, porque eu paguei bilhete e fiquei de fora". 

Acho que o Benfica ganhou aquele jogo, para desagravo e para sarar aquelas mágoas momentâneas.

 

O zé último que conheci era um esqueleto vivo roído pelo alcóol e pela doença. Não sei se andava ou se era empurrado pelo vento, entre a indiferença aldeã que se costuma devotar aos desgraçados.

Adeus Zé. Paz à tua alma.

Fala desse jogo com o meu tio, se puderes.


publicado por ensinartes às 02:18
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Tupperware, tamanho XS

. Le tunisien

. Uma questão de força

. FMI ou FIM

. A Pedra

. A participante 43212

. Contas de sumir

. Yo, Mário Sepúlveda

. O nosso Haiti

. Travassos

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Yo, Mário Sepúlveda

.Ligações/links

.Contador de visitas

SAPO Blogs

.subscrever feeds