Terça-feira, 10 de Maio de 2011

Le tunisien

Chego, por fim, ao aeroporto de Tegel, um dos que servem Berlim.

E...desgracia, dou comigo já nos corredores exteriores sem a mala.

Procuro retroceder, dirijo-me a um policia sentado numa secretária à entrada, do tamanho de um urso, bigodinho minúsculo, do tipo "carreirinho de formigas"...Nein!. Mostro-lhe o talão de embarque...Nein! E pelas frestas da porta de vidro vejo, ao fundo, a minha "cinzenta" às voltas no tapete...solitária, ali mesmo à mão, mas separada por um policia tamanho XL. Esta minha mala tem o nome da mula do ti Fanas.

Mesmo assim, o polizei indicou-me, renitente, (ressabias antigas) num inglês sofrível  o Office "Lost and Find"...Volto a perder-me.

Sinto a minha costela de alentejano a trabalhar a todo o vapor.

Dirijo-me ao Balcão da Lufthansa, mais indicações, "You go straight ahead, near the elevator you turn right, and next left, you find a stairs and turn right....!

Porra "left, right, left right", perdi-me outra vez.

Dirijo-me ao empregado da limpeza, com ar de quem conhece realmente o lugar.

Meia idade, pele escura magrebina, sorriso simpático, uma calma estonteante. É da Tunísia, país de revolução recente.

Dirijo-me em inglês, e pergunta-me se pode explicar-me em francês. Eis a globalização no seu explendor

Um português num país de lingua alemã, a falar com um árabe, em francês...

Deixa o seu carrinho atulhado de baldes e esfregonas... e leva-me "left right left right" até a uma espécie de barracão, onde se tem que esperar.

Agradeço ao amigo providencial. Sempre senti uma química entre latinos e árabes...emfim misturas de sangues, a funcionar com efeito retardado. Talvez.

Naquele pré-fabricado aquecido por um sol ibérico, uma surpresa primaveril de berlim, uma americana protesta "Wait one hour, Shit! This is the third world. Damn! I hate little airports " E eu ali, muito reconfortadinho, na ideia de que não me acontce só a mim.

A seguir, entram mais dois, também yanquies, "The same problem".

E eu quase ufano, a sentir os cavalos-vapor da minha costela alentejana a perderem o gás.

 

 


publicado por ensinartes às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Tupperware, tamanho XS

. Le tunisien

. Uma questão de força

. FMI ou FIM

. A Pedra

. A participante 43212

. Contas de sumir

. Yo, Mário Sepúlveda

. O nosso Haiti

. Travassos

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Yo, Mário Sepúlveda

.Ligações/links

.Contador de visitas

SAPO Blogs

.subscrever feeds