Terça-feira, 1 de Abril de 2008

E se hoje o meu país fosse "mentira"! Ele "todo"!

Quer dizer, se o desemprego, o barril de crude a mais de 100 dólares, as taxas de escravatura praticada pelos bancos, as esperas de 8 horas (!) nas urgências e as listas de atendimento nos hospitais, a falta de visão e de missão espelhadas na mediocridade  acéfala da política formal...se tudo isto fosse mentira. Valia mesmo a pena tentar ser feliz em Portugal...este país de clima amigo...onde o sol e a brisa do mar costumam acasalar, sem olhar a voyeurs (ainda que os haja em cada esquina - estes especialistas nacionais - reminiscências da bufaria do tempo da outra senhora).

Renovados cumprimenos deste democrata radical, agora que o dia nos brinda com mais um par de horas de sol, para podermos mirar a configuração do grotesco...e evitá-lo.

Para estes dias a Meteo prevê 30 graus. Devo dizer que as securas aqui no meu Alentejo, preocupam-me. Dou comigo a gostar da chuva, daquela certinha, como costuma cair no Porto...cidade saudosa.

 

Hoje não me apeteceu lá muito dizer coisas sérias...há dias assim.


publicado por ensinartes às 22:52
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De joão a 2 de Abril de 2008 às 00:59
Ainda bem que há dias assim. Em que não nos apetece dizer coisas sérias.

Porque é nesses dias que provavelmente desferimos um olhar mais despregado, ao que nos rodeia. E, dessa forma reparar em pequenos, grandes detalhes do quotidiano.

Descobri hoje o teu blogue. Tenho a certeza que farás deste, um espaço aprazível, de visita obrigatória e onde o desafio intelectual estará sempre, na ordem do dia.

Desculpa a ousadia, mas ao ler o teu primeiro "post", entendi que este pequeno comentário, enquadra-se no repto lançado.
"A evolução do humano não é obra exclusiva da natureza. Com a cultura e a capacidade de transmitir conhecimentos de geração em geração o humano é também um produto evolutivo de si próprio." Moura, Leonel, Jornal de Negócios em 20070530
j.rll


De joão a 2 de Abril de 2008 às 01:00
Ainda bem que há dias assim. Em que não nos apetece dizer coisas sérias. Porque é nesses dias que provavelmente desferimos um olhar mais despregado, ao que nos rodeia. E, dessa forma reparar em pequenos, grandes detalhes do quotidiano.

Descobri hoje o teu blogue. Tenho a certeza que farás deste, um espaço aprazível, de visita obrigatória e onde o desafio intelectual estará sempre, na ordem do dia.

Desculpa a ousadia, mas ao ler o teu primeiro "post", entendi que este pequeno comentário, enquadra-se no repto lançado.
"A evolução do humano não é obra exclusiva da natureza. Com a cultura e a capacidade de transmitir conhecimentos de geração em geração o humano é também um produto evolutivo de si próprio." Moura, Leonel, Jornal de Negócios em 20070530
j.rll


De joão a 2 de Abril de 2008 às 15:37
Peço desculpa, por ter triplicado o mesmo comentário.
Deve-se considerar como “correcto”, o da 01:00
É o resultado da inexperiência, ao lidar com estas novas tecnologias.
j.rll


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Tupperware, tamanho XS

. Le tunisien

. Uma questão de força

. FMI ou FIM

. A Pedra

. A participante 43212

. Contas de sumir

. Yo, Mário Sepúlveda

. O nosso Haiti

. Travassos

.arquivos

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Yo, Mário Sepúlveda

.Ligações/links

.Contador de visitas

SAPO Blogs

.subscrever feeds